Área reservada

Esqueceu a sua palavra-passe? clique aqui

Cancelar

Registo de utilizador

Utentes

Registo de utente

Registo exclusivo para utentes das consultas de nutrição Good Diet.

Blog

Conheça a Composição Corporal Ideal

Conheça a Composição Corporal Ideal

A composição corporal é um indicador da proporção de massa corporal composta por gordura e por massa magra. Este indicador revela informações importantes sobre a saúde e o físico de cada pessoa. A massa gorda reflete a totalidade do tecido adiposo do corpo, enquanto a massa isenta de gordura engloba músculo, órgãos, ossos e fluidos corporais. A valorização da imagem corporal é um dos aspetos mais relevantes da sociedade atual. Não sendo recente, já na Grécia antiga viam o corpo como algo a ser idolatrado, pois acreditavam que um corpo perfeito tornava as pessoas perfeitas. A avaliação da composição corporal é importante na determinação da condição física, em qualquer processo de emagrecimento ou na prevenção e tratamento de diversas doenças crónicas como diabetes, hipertensão arterial, dislipidemia, etc. É indiscutível que tanto o excesso de gordura corporal, como o défice de massa magra apresentam relação direta com uma série de fatores de risco para o aparecimento ou o agravamento de problemas de saúde. A avaliação da massa gorda pode ser feita por diversos métodos, ainda assim as formas mais comuns são: balanças de bioimpedância e as pregas cutâneas. A quantidade de gordura corporal ideal é diferente para homens e mulheres, sendo estes valores superiores na mulher. Para um homem pode variar entre 15 e 20%; já numa mulher entre 20 e 25%. Porém estes valores aumentam ou diminuem com a idade, prática de atividade, entre outros fatores. Uma composição corporal ideal implica também um bom percentual de massa isenta de gordura, pois este valor reflecte, na sua maioria, o percentual da massa muscular. Para uma manutenção da saúde ou um emagrecimento saudável, deve focar-se não só no peso, mas sim em apresentar uma baixa quantidade de gordura e manutenção ou mesmo aumento da massa muscular (massa magra). Para que isto aconteça há vários fatores a ter em conta:- alimentação saudável- prática regular de exercício físico- horário de descanso/sono adequadosAlém de outros hábitos saudáveis como: não fumar, não ingerir bebidas alcoólicas, açúcares refinados, entre outros fatores. Na Good diet pode contar com um serviço de nutrição completo, onde é feito um acompanhamento personalizado.

Saber mais

Gordura visceral: o que é e como reduzir

Gordura visceral: o que é e como reduzir

A Gordura visceral, não é nada mais que a gordura que se acumula na cavidade abdominal, entre os vários órgãos, como o estômago, fígado e pâncreas, sendo considerada como a mais perigosa a nível da saúde. Este tipo de gordura também pode influenciar o funcionamento de algumas hormonas. O seu diagnóstico pode ser feito através de uma leitura de bioimpedância da sua massa gorda para calcular a percentagem que corresponde à gordura visceral ou através da medição do perímetro abdominal, por um profissional de saúde. A presença de uma barriga “proeminente” é evidência de que há gordura visceral acumulada. O excesso deste tipo de gordura leva a uma tendência para várias doenças, tais como: hipercolesterolémia, diabetes tipo 2, a, hipertensão, entre outras. De forma a reduzir a gordura visceral é necessário um conjunto de alterações aos hábitos alimentares e de exercício físico. Sigas as sugestões para otimizar o resultado:- Elimine alimentos com gorduras TRANS: este tipo de gordura está presente em alimentos embalados e processados, leia atentamente os rótulos dos ingredientes;- Evite alimentos açucarados: elimine açúcares refinados (bolos, bolachas, refrigerantes,…) e reduza a ingestão de hidratos de carbono de acordo com as suas necessidades energéticas diárias;- Aumente a ingestão de fibra e proteína: uma dieta rica em fibra (flocos de aveia, vegetais, …) e em proteína (ovo, carne, peixe, leguminosas, …) leva a uma diminuição da sensação de fome e diminui a absorção;- Pratique exercício físico: independentemente do tipo de exercício é necessário definir uma periodicidade semanal e intensidade suficientes para atingir o objetivo;- Não ingira bebidas alcoólicas: reduza ou elimine a ingestão de álcool para um melhor resultado;- Reduza os níveis de stress: procure ter um descanso adequado durante a noite e aprenda a fazer uma boa gestão do stress, experimentando técnicas de relaxamento (Yoga, Pilates, descontrair com a família, terapia de relaxamento, etc). Mesmo que tenha um peso adequado às suas caraterísticas pode ter gordura visceral em excesso. Procure ajuda de um profissional e verifique a sua gordura visceral, deste modo poderá prevenir o aparecimento de doenças. 

Saber mais